Orientação docente

REUNIÃO DOCENTE EXTRAORDINÁRIA

Professores:

Precisamos da colaboração de todos vocês.

Algumas turmas estão se comportando de forma completamente diferente, a depender do professor.

As mesmas turmas que se engajam nos trabalhos e mantém uma certa disciplina com uns professores, mudam completamente ao entrar na sala de outro.

 

Se as diferenças não fossem prejudiciais à aprendizagem nem ao ambiente escolar, tudo bem. Elas seriam até boas.

 

Mas são diferenças que estão refletindo até nas reclamações das famílias, e isso é extremamente prejudicial a todos nós, professores e escola.

Então, eu solicito que:

  1. Os professores reflitam sobre a forma de construírem um clima produtivo nas suas aulas, com AFETIVIDADE e com IMPOSIÇÃO DE LIMITES.

  2. No aspecto AFETIVIDADE peço que lembrem da necessidade de se estar sempre procurando conquistar a turma e, além disso, estar atento à conquista do aluno que não foi conquistado no grupo.

  3.  No aspecto LIMITES, observar atentamente e anular, a tempo, todo processo de bullying e todos os comportamentos inconvenientes e inadequados (lembrar que alunos na puberdade tentarão transformar as aulas em momento de “pegação”)

  4. Ainda em LIMITES: procurar manter os alunos em atividade durante toda a aula, até o sinal tocar. Nunca liberá-los antes e nunca deixa-los sem o que fazer. Muito menos deixá-los jogar em sala. Eles contam em casa que o professor não dá aula ou não deu naquele dia.

  5. Continuando LIMITES: não deixar alunos saírem de sala sem que seja nos intervalos de aula. Muitos estão passeando pelo colégio o tempo todo.

  6. Nos intervalos (recreio) não deixar os alunos em sala, para evitar os problemas que já estão ocorrendo, com as “pegações”.

  7. E peço que os professores demonstrem interesse e responsabilidade em relação aos eventos, principalmente agora ao da Copa, para aproveitar o “pique” dos alunos, e também à redação sobre HONESTIDADE, para que todos participem do concurso. Nesse concurso o que mais valerá será a criatividade, por isso que não será tarefa apenas das professoras de português, mas sim de todos os professores, nas orientações devidas.

Observação que não tive tempo de dizer, para evitar atraso no início da 5ª aula:

Peço, mais uma vez, que apliquem rigorosamente a Metodologia IUPE de Dinâmica Grupal e Escola Invertida, porque não acredito que poderemos garantir aprendizagem de todos, nem exigir disciplina, nem conhecer cada aluno nas suas dificuldades, se não estivermos sentados ao seu lado em seu grupo de estudo durante as aulas.

Há aluno "desligado" que não estava fazendo nenhuma tarefa, simplesmente porque estava usando o livro da 1ª unidade, enquanto todos os demais estão na 2ª. E, se algum professor percebeu, não alertou à direção!

Há alunos que não sabem ler direito e, logicamente, não interpretam o que tentam ler. E não estão sendo atendidos como especiais.

E há alunos matriculados como especiais, registrados como tal, mas ainda há professores que não estão dando o atendimento que deveriam.

Precisamos mudar urgentemente, para que tenhamos um bom resultado com TODOS OS ALUNOS, o que não quer dizer que todos deverão aprender a mesma coisa, mas sim aprender sempre alguma coisa a partir do que já sabem.

Qualquer dúvida peço que me procurem, para que possamos remar, todos, no mesmo rumo.

Em 12/06/2018

Roberto Andersen

Diretor Pedagógico